Sábado, 23 de Junho de 2007
Creme para o pau

Estava eu no comboio, de regresso a casa, depois de um dia de trabalho em que me lamentava:

"Não me surge nenhuma ideia para escrever um post ."

É nisto que começo a ouvir alguém no fundo da carruagem a apregoar algo e a dirigir-se para o meu sentido. Mas não liguei e o som cada vez mais próximo não o conseguia definir. O som era agudo mas baixo, tirei os olhos do meu caderno que lia e reparo com espanto numa figurinha bem surrealista.

Um Indiano que não tinha mais de que um metro e meio de altura com uns oculinhos que parecia mesmo o Gandhi . E então o dito senhor apregoava uma pomadinha milagrosa. Cura dor de cabeça, dor de joelho e muito bom para levantar o pau.

Era assim que o homem apregoava. Eu comecei logo a rir, a rapariga que estava à minha frente olhou para mim e ambos rimos despregadamente .

Já estava a imaginar os homens a comprar a pomadinha, a besuntar o pau e ele começar a crescer como quando se toca flauta a uma serpente

 

Ass : Felino


sinto-me:

publicado por FELINO às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

Creme para o pau

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds