Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008
Felino em acção no Circo II

 

 

Bem eu nem queria acreditar:
Estar na arena do Circo Victor Hugo Cardinal, para actuar com mais três figurantes e um palhaço fabuloso.
Olhei para a bancada onde estava e só via o meu grupo ás gargalhadas e a dar adeus desalmadamente, os miúdos só torciam a rir.
Então o que consistia a peça:
O palhaço estava a fazer um filme.
Primeiro começava um figurante vestido de senhora e depois de várias piruetas dizia Taik 1,
Eu era um galã com um chapéu na cabeça que mais parecia um dred, que com um andar gingão ia até ao meio da arena e olhar para a rapariga e assobiava com grande requinte...
Esta, com a mão num chapéu barbeava-se até ao pé de mim e abanando depois o rabo eu assobiava outra vez e dava-lhe um beijo a matador.
Bem que figura, ainda por cima tive que repetir a cena algumas três vezes. Quando olhava para as bancadas só via o pessoal a escangalhar-se a rir com as nossas figuras, mas seguindo a peça:
No momento que eu estava a dar o beijo na rapariga entrava o outro figurante que fazia de marido com um ramo de flores de plástico e ao vermos nestas cenas ele sacava de uma pistola e dava-me um tiro. Foi aí que ouvi uma voz familiar que disse bem alto: - Ai o meu Pai.
Mas o combinado era que eu não caia mas sim a rapariga. O palhaço que fazia de cineasta com tantos falhanços acabava por nos matar a todos e suicidava-se.
Bem foi de rir até não poder mais e foi assim que eu tive os meus 15 minutos de fama, bem quase uma hora de fama.
Até à saída umas velhotas me vieram dar os parabéns diziam que eu tinha muito jeito e estive muito bem.
Será? Eu acho que já tenho é uma nova profissão quando tiver reformado. Ir para o Circo.

tags: ,

publicado por FELINO às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
Felino em acção no Circo I

É verdade, resolvemos ir ao Circo com os miúdos.

Eu e a minhas amiga Analycia dissemos logo que não gostávamos. Sim há sempre uma ou duas ovelhas negras no grupo.
O encontro estava marcado para as 14H30 e família Felina e Analycia como sempre pontuais e ainda apanhamos no caminho a Ccosta e a sobrinha.
Mas como já não estranhámos tivemos que esperar pela  Tytas e Pestinhas , sempre atrasados rrrrrrrrrr.
Depois de comprimentos os bilhetes e eu ficar um pouco branco com o preço, possa caro como a porra . Resolvemos irmos todos.
Lá entramos, cadeiras? Bem estão os bancos de madeira que dava sempre para ver um a cair do banco quando um mais forte se sentava?
Tenda aquecida que até dava para andar de fato de banho. Lá nos sentamos e montamos um estendal de casacos, cachecóis e camisolas. Que ocupávamos duas filas umas 10 cadeiras.
O circo começou com os tigres e com uma domadora que a Analycia adivinhou logo que eu adoraria ser tigre.

 

Depois ao passar para a menina do ula-ula , até a Ccosta e Analycia continuavam a meter-se comigo porque a artista era mesmo muito jeitosa.
O espectáculo ia decorrendo e cada vez mais todos riamos com as maluquices de uns e de outros.
Depois do intervalo e depois nos empatorrar-mos de pipocas e algodão doce. O espectáculo continuou.
Entrou um comediante e depois de se apresentar saltou para a plateia e começou a escolher pessoas.
Ao passar na nossa fila a Ccosta, Analycia, Espanto e Tytas todas elas apontavam para mim para o palhaço me escolher. Eu bem me entrerrava pela cadeira abaixo. Nisto o palhaço escolhe-me e eu só disse:
-Eu, mas quem eu? Elas choravam a rir. Eu que detesto dar nas vistas e odeio me expor não tive outro remédio em aceitar o convite do palhaço.
 
Continua …

tags: ,

publicado por FELINO às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

Felino em acção no Circo ...

Felino em acção no Circo ...

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds