9 comentários:
De Raquel a 25 de Janeiro de 2008 às 02:10
HEHE, estou farta de me rir com este post.
Desculpe a invasão, visito várias vezes mas nunca comentei, mas achei este fantástico, porque me recorda os tempos que ia a feira com a minha mãe e via muitas senhoras a fazerem isto.
Beijinho e desculpe mais uma vez pela invasão.


De FELINO a 25 de Janeiro de 2008 às 16:04
Olá Raquel
Bem vinda ao meu blog, há quanto tempo! É com os erros que aprendemos a viver.
Aqui não à invasões, quando se vem por bem se vier por mal é escorrassada.

És bem vinda se vieres por bem e sabes bem que a porta está sempre aberta.


De Cristal a 25 de Janeiro de 2008 às 10:29
Ahahahahah só mesmo tu hoje para me fazeres rir de manhã , mas também farta de me rir por os homens terem a mania de espreitar , neste caso olhar para onde não devem ahahahahhahhahaah.
Acredita que ali nenhum ladrão põe a mão
O marido já deve estar habituado , não é todos os dias que alguém tem assim um armazém não achas????
5 estrelas mesmo
Beijos cristalinos


De FELINO a 25 de Janeiro de 2008 às 16:07
Realmente temos cada coisa em Portugal costumes e maneiras de actuar só visto.
Isto é típico de português.

beijinhos


De estrelaquebrilha a 25 de Janeiro de 2008 às 15:53
Bem não imaginas o que me ri com este teu post, também já presenciei isso, porque dantes ia mt ás feiras e sempre achei esquisito porque a mim até os soutiens ás vezes me incomodam qdo mais carteiras etc:)
bj e bom fds


De FELINO a 25 de Janeiro de 2008 às 16:08
Sim calculo! No verão deve fazer calor agora imagina esta senhora ainda por cima nada gorda e não deve suar nada.

Beijinhos


De Infiel a 25 de Janeiro de 2008 às 22:05

a minha mãe tambem metia tudo no sutien heheh e fazia-me tanta confusão como a ti

jocas


De tulipabranca77 a 26 de Janeiro de 2008 às 22:34
é uma nova forma de carteira,são + fofas e para onde foste logo olhar bjs


De Mamã Gansa a 27 de Janeiro de 2008 às 04:15
Só em Portugal mesmo.Mas nada que me surpreenda.Uns aninho pelo mercado do bolhão, ribeira do Porto e feira de custóias, curam-nos de espantos....beijinhos


Comentar post