Quarta-feira, 4 de Julho de 2007
Cyrano de Bergerac III Parte
III Parte
“Quero-vos falar para o nosso amor… isso seria fatal.
Quando… amo ainda mais!
O amor cresceu embalado na minha alma inquieta, que este cruel rebento tomou por… berço de embalar!
Na sombra, às cegas elas avançam para os vossos ouvidos.
Chegam imediatamente.
Oh! É evidente , pois é no meu coração que as recebo.
Ora eu, tenho o coração grande, vós as orelhas pequenas.
Aliás, as vossas palavras descem, vão depressa, as minhas sobem, Senhora, precisam de mais tempo!
Deixásseis cair uma palavra dura sobre o meu coração!
Amo-vos, asfixio.
Amo-te, sou louco, não posso mais, é excessivo!
E o teu nome no meu coração ecoa como um soluço.
De ti, lembro-me de tudo, e tudo amei:
Sei que no ano passado, um dia, a 12 de Maio , para saíres de manhã mudaste de penteado!
Um Sol me ofuscou, era a tua cabeleira!
Compreendes agora?
Enfim, dás-te conta?
Sente um pouco a minha alma que sobe no escuro?
Oh! De facto, esta noite, é muito bela, muito suave!
Tudo isto que vos digo , estais a ouvir? É excessivo!
Só me resta agora morrer!
Falavamos de um beijo…
Não.
- Sim. A palavra é suave.
Calai-vos!
- Um beijo, afinal de contas, que é?
Um julgamento feito um pouco mais de perto, uma promessa mais precisa, uma confissão que quer confirmar-se, uma letra cor-de-rosa que se põe no verbo amar.
É um segundo que substitui a boca pelo ouvido, um momento de infinito que faz um zumbido de abelha, uma comunhão com gosto de flor, uma maneira de se respirar um pouco o coração, e de se saborear, na ponta dos lábios, a alma!”


publicado por FELINO às 01:00
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
online
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

Partida

Um armazém nas maminhas!

Fato de gala para Jogar!

Estou farto!

O GATO

arquivos
tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO
subscrever feeds